Número total de visualizações de página

terça-feira, 10 de maio de 2011

África acima, de Gonçalo Cadilhe

Nota Introdutória e Capítulo 1 - Maio: África do Sul
Esta obra do jornalista Gonçalo Cadilhe retrata mais uma das suas viagens, desta vez atravessando um continente inteiro, África.
Na Nota Introdutória pode ler-se que África é um continente surpreendente, tal como o próprio autor  diz, servindo de introdução à viagem complicada que Cadilhe irá enfrentar e aos acontecimentos inesperados que irão ocorrer ao longo de todo o livro. O seu "plano" é simples: da África do Sul até Portugal, sem nunca utilizar meios aéreos.

Maio: África do Sul
A partir deste capítulo já é mais visível a personalidade de Cadilhe, que nos vai acompanhar ao longo da sua viagem, que acaba por depois ser um bocadinho nossa também. A primeira paragem, ou o ponto de partida do jornalista, é o Cabo da Boa Esperança, situado na Cidade do Cabo.

Ao longo da narração ficamos a saber mais sobre o quanto é complicado atravessar este continente: países onde a guerra reina. Onde nenhum turista ou viajante é bem-vindo. Onde as crianças não têm infância e depois de crescerem não amam, não fazem experiências novas, não conhecem o mundo. Não vivem.

Outra parte deste capítulo que me marca bastante também é o Transkei, uma pequena localidade na África do Sul. É quase como um mundo que o Homem não industrializou. Há edifícios, mas são poucos e tudo parece primitivo. Cadilhe fica num hotel bastante peculiar, o "Mdumbi Backpackers", criado por Johan e Hyman,  uma organização sem fins lucrativos.Com uma cozinha para todos, sala de convívio, dormitórios. Os fundos que angariam vão para a comunidade do Transkei, os Tshani. Para construírem edifícios, poços de água. Para se investir na vida daqueles que já nasceram sem ela.
Já no fim do capítulo, Cadilhe diz: "É para isto que se viaja, para descobrir lugares que nos correm para dentro da alma, para saber que eles existem, para sonhar em regressar."
Começo a descobrir que em África não se é turista. É-se viajante.

Mª Carolina Pinto, 8º D

3 comentários:

  1. Fico feliz por poder contribuir para esta "Semana da Leitura"!

    ResponderEliminar
  2. E nós estamos muito satisfeitos com a sua contribuição.Obrigado.

    ResponderEliminar
  3. Parabéns...
    Li um pouco deste livro e pelo que li é muito interessante ;)



    Rita 8ºE

    ResponderEliminar